Fecomércio pede inclusão de trabalhadores do comércio e de serviços em grupo prioritário de vacinação

Entidade solicita apoio do governo estadual para reforçar reivindicação junto ao governo federal.

A Fecomércio-RS enviou ofício ao governador Eduardo Leite pedindo que o Estado atue como interlocutor, junto ao Ministério da Saúde, para apoiar a inclusão dos trabalhadores das categorias de comércio e serviços no grupo prioritário para a vacinação contra a Covid-19. Trabalhadores que atuam nas funções de caixa, atendentes, vendedores e outras posições que exigem contato com o público estão mais expostos ao contágio, mesmo com medidas de proteção.

Além disso, os profissionais do setor terciário prestam um serviço essencial à população
garantindo o abastecimento de diversos itens e são fundamentais para o desenvolvimento das atividades econômicas. ‘’A inclusão dos profissionais de comércio e serviço é essencial para que os setores possam trabalhar com segurança, mantendo o trabalho e a sua saúde, levando dignidade para o sustento da sua família’’, defende o presidente do Sindilojas Fronteira Noroeste, Leonides Freddi.

A Fecomércio entende que o pedido deve ser contemplado na medida em que outras
categorias profissionais relevantes, como indústria e construção civil, já foram incluídas pelo Ministério da Saúde no grupo prioritário.