Carnaval de 2022 deve movimentar 33,7% menos em serviços do que antes da pandemia

Apesar do cenário ainda atípico, o carnaval em 2022 deve ter uma movimentação financeira de R$ 6,45 bilhões, segundo projeção da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Apesar do volume de receitas ser 21,5% maior do que o registrado em 2021, quando as celebrações também foram suspensas, ainda está 33,7% inferior ao observado no carnaval de 2020, realizado antes da pandemia ser decretada.

Recuperação gradual

A desaceleração da pandemia e a queda do isolamento social ao longo do ano de 2021 viabilizaram a retomada gradual das atividades econômicas, tanto do turismo quanto do comércio, que também pode ter aumento de vendas.

‘’O movimento do comércio aumenta em todas as cidades no pré-feriado, e claro, também aumenta nas cidades turísticas. Continuamos sugerindo aos lojistas que sejam criativos nestas datas especiais, assim todos saem ganhando’’, destacou o presidente do Sindilojas, Leonides Freddi.

A demanda por serviços turísticos ao fim da alta temporada deve gerar 16,5 mil empregos temporários entre janeiro e fevereiro deste ano, quase o dobro de 2021.